quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Massagem Ayurvédica, um toque de equilíbrio.





Se você nunca experimentou uma massagem Ayurvédica, não imagina os benefícios que ela pode trazer ao seu organismo e como ela é capaz de gerar uma profunda sensação de bem estar.

Compreendendo sua essência:

Ayurveda deriva de duas palavras sânscritas:
 “Ayur” (“Vida”) e “Veda” (“Conhecimento”), ou seja, o “Conhecimento da Vida”
e sua história iniciou na Índia, há mais de cinco mil anos.

Seu objetivo principal é gerar o equilíbrio físico, mental e espiritual e assim como tantas outras terapias alternativas, ela pode ser considerada um excelente complemento da medicina tradicional, capaz de potencializar os resultados dos tratamentos.

Na famosa discussão de até onde vai a ciência e onde começa o espiritualismo, a massagem ayurvédica transita por ambos os conceitos.

É uma terapia que abrange os conhecimentos da medicina, por isso capaz de produzir efeitos benéficos no nosso corpo, mas também atua diretamente no nosso estado de humor.

O segredo desvendado.

A massagem ayurvédica se destaca das outras terapias corporais porque oferece um tratamento individualizado.

Uma análise das condições psicofísicas e características do paciente é realizada pelo terapeuta antes da aplicação, definindo o seu Dosha e quais os óleos essenciais indicados ao seu caso.

A técnica utiliza toques fortes e profundos.
O que talvez você não saiba é que, durante a aplicação, o terapeuta utiliza as mãos, cotovelos e até mesmo os pés para efetuar as manobras sobre toda a musculatura, com movimentos de tração e alongamento.

O resultado é notado na melhora da flexibilidade e mobilidade das articulações, além de favorecer o livre fluxo de energia, promovendo o reequilíbrio da energia vital e gerando uma imensa sensação de bem-estar físico mental e emocional.