sexta-feira, 29 de junho de 2012

A Criança e o Sábio, texto de Augusto Cury.



“A Criança e o Sábio,



Dizia-se que o sábio tinha o segredo da felicidade e que o guardava cuidadosamente em um cofre.

O rei mandou chamá-lo e lhe ofereceu muito dinheiro pelo cofre, mas o sábio simplesmente recusou a oferta, dizendo que era algo que o dinheiro não podia comprar.

Um dia, uma criança se apresentou diante do sábio.

- Sábio, por favor, ensine-me o segredo da felicidade.
Movido pela pureza e inocência da criança, o sábio lhe disse:

Preste muita atenção.

A primeira coisa que você deve fazer é amar-se e respeitar-se e dizer a si mesmo todos os dias que você pode vencer todos os obstáculos que se apresentarem na sua vida. Isso se chama autoestima.

A segunda que deve fazer é pôr em prática o que você diz e o que pensa.

A terceira, é jamais invejar alguém pelo que ele tem ou é.
Eles já alcançaram as suas metas, agora alcance as suas.

A quarta, é jamais guardar rancor de ninguém no seu coração.

A quinta, é não se apoderar do que não é seu.

A sexta, é jamais maltratar alguém; todos os seres têm o direito de ser respeitados e queridos.

E a última coisa que você deve fazer é acordar todos os dias com um sorriso e descobrir em todas as pessoas e em todas as coisas o seu lado positivo.

Pense na sorte que você tem.

Ajude a todos sem pensar no que poderá obter em troca e passe adiante o segredo da felicidade.”

Augusto Cury

 Para mim o segredo está em não entrar nessa busca incessante por felicidade.
Isso é exaustivo e frustante.
Agora viver os momentos felizes de forma intensa e quanto bater a tristeza, as derrotas,
vivê-las com resiliência, isso sim é enriquecedor!

FELIZ FINAL DE SEMANA! 




Créditos da Foto