segunda-feira, 4 de junho de 2012

Entrevista Brilhante com o famoso escritor de livros infantis Lalau Simões.


O Livro As Árvores do Brasil,
de Lalau e da Ilustradora Laurabeatriz
acaba de ser eleito um dos 30 melhores livros de 2012,
dentre tantos outros prêmios e uma vasta lista de livros de sucesso publicados.



Lalau concedeu-nos essa Entrevista Brilhante: 


CDE: Lalau lá em casa somos fãs dos seus livros, pois eles são muito educativos, conte nos sobre sua trajetória como escritor?

LALAU: Desde pequeno, sempre fui apaixonado por livros. Lia muito, como faço até hoje.
Lá pelos anos 70, comecei a escrever contos e crônicas, fui roteirista de teatro amador, redator publicitário e participei de grupos de poetas.
Na verdade, vivia a procura de um estilo para escrever. O interesse pela literatura infantil surgiu meio por acaso. Certa vez, numa livraria, conheci um livro de José Paulo Paes, o “Olha o bicho”, e me encantei com a sensibilidade, o humor e o tratamento que ele dava ao texto. Comecei a arriscar, experimentar e daí nasceu meu primeiro livro o “Bem-te-vi e outras poesias”. E foi justamente José Paulo Paes, depois de ler os originais do “Bem-te-vi”, quem me incentivou e ensinou que “fazer poesia é brincar com as palavras”.
Faço isso até hoje e, pelo jeito, vou fazer pra sempre.

CDE: Quantos livros você já publicou e fale sobre os seus preferidos.

LALAU: Laurabeatriz e eu estamos chegando, em 2012, aos 40 títulos publicados.
Difícil dizer quais são meus preferidos, mas vamos lá:
“Bem-te-vi e outras poesias”, “Uma cor, duas cores, todas elas”, a coleção “Brasileirinhos”, “Sobre vôos” e “Que João é esse? Que Maria é essa?” e “Árvores do Brasil”.

CDE:Sua parceria com a ilustradora Laura Beatriz é duradoura e muito feliz, qual o segredo para um livro ter sucesso com o público infantil?

LALAU: A parceria existe desde 1994, é muito produtiva e vai durar muito ainda.
Acredito que o livro que leva surpresa, emoção, informação, encantamento e diversão para uma criança que seja, já é um sucesso.

CDE: O que você mais gostava de fazer na sua infância?

LALAU: Brincar, é lógico. Bolinha de gude, pião, pipa, carrinho de rolimã e, principalmente, jogar futebol na rua.

CDE: Terá algum lançamento para esse ano?

LALAU: Um livro sobre passarinhos brasileiros e outro sobre o Rio Tietê estão a caminho.

CDE: Como grande poeta que é deixa para nossas crianças uma mensagem ou poesia de um de seus livros.

LALAU: Gosto muito de “Um poema bem feitinho”,
do livro “Elefante, batata frita e nariz: tudo deixa um poeta feliz”.

É assim:

Descobri que os pássaros
Banham-se no arco-íris.
Flores são beijos
Que germinam
Durante os sonhos.
Manhãs são esculpidas
Em pleno ar.
Chuvas
Ora são guizos,
Ora sorrisos.
E não existe
Nenhuma diferença
Entre uma criança
E uma estrela-do-mar.



Gostaríamos muito de agradecer à você e tenho certeza que as crianças que lerem seus livros serão presenteadas com muita cultura, alegria e principalmente poesia.

Postaremos seus livros por aqui, como dica de leitura. 
Acompanhem e BOA LEITURA!