terça-feira, 10 de julho de 2012

A Estrela, por Manoel Bandeira.



A ESTRELA


Vi uma estrela tão alta,

Vi uma estrela tão fria!

Vi uma estrela luzindo

Na minha vida vazia.



Era uma estrela tão alta!

Era uma estrela tão fria!

Era uma estrela sozinha

Luzindo no fim do dia.



Por que da sua distância

Para a minha companhia

Não baixava aquela estrela?

Por que tão alta luzia?



E ouvi-a na sombra funda

Responder que assim fazia

Para dar uma esperança

Mais triste ao fim do meu dia.



Manuel Bandeira
 
 
Quem compartilhou conosco esse lindo poema foi a Educadora Marcela L.
 
Obrigada Má, amamos!