segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Quem conta um conto, aumenta um pouco.


 
Texto publicado na Coluna da Editora Cuca Maluca Produções
 
Quem conta um conto, aumenta um pouco!
Toda noite na hora de dormir leio um livro e invento uma história para minha filha.
Em uma desses dias em que minha imaginação já tinha ido dormir resolvi fazer uma brincadeira, que dei o nome de Fábrica de Histórias:
Eu começo com ERA UMA VEZ...
Cada uma fala de nós uma frase da história, assim ela vai ficando engraçada, inusitada e com a participação da criança, você consegue estimular a criatividade, a interação, a imaginação e também algo que aprendi nas oficinas de palhaço, a técnica do improviso.
Improvisar é uma arte que temos que ter na vida diariamente, por isso, estimulem bastante as crianças a lerem e principalmente o gosto por histórias e palavras.
Elas acabam ficando fascinadas pelas rimas, ficam tentando descobrir palavras novas e vocês irão passar momentos mágicos com histórias como essa:
ERA UMA VEZ...
Um gato xadrez...
Que adorava viajar...
Decidiu ir para Paris...
Mas não sabia falar Francês...
Lá viu um monte de cachorro pequinês...
De uma padaria virou freguês...
Ele viu na rua um japonês
Que só sabia falar Inglês...
O gato xadrez que não sabia nem Português...
Só fazia miar sua língua Gatunês...
Quer que eu conte outra vez?
A mãe morrendo de sono finaliza com as fantásticas palavrinhas:
E FIM!
Não tenho dúvida que terão histórias incríveis para inventar e principalmente para lembrar.