segunda-feira, 17 de março de 2014

A essência da felicidade.

Por Adriana Perazzelli
A essência da felicidade

Para que ler manuais de auto-ajuda, frases de efeito e mil receitas para encontrar essa tal felicidade, se quem têm filhos tem a receita bem ali do lado?
Quem nunca viu uma criança que já acorda cantando?  Ela sem dúvida acredita que esse será o melhor dia da vida dela.
Quem nunca viu uma criança cair e morrer de rir do próprio tombo?  Rir de si mesmo é sempre a melhor saída.
Quem não tem um filho que vê a vida tudo ao pé da letra? A vida é mesmo simples assim.
Que criança não troca todo o dinheiro do mundo para ter a mãe por perto? Todas!
Observar uma criança aprender a andar é o maior aprendizado sobre esperança.
Qual bebê não leva a mão na boca a cada nova descoberta? A vida tem que ser provada.
E quando tudo parece não estar do jeito esperado, qual bebê não usa suas cordas vocais na frequência máxima? Pedir ajuda também é um ato de humildade.
Qual criança não gosta de ouvir música bem alto e chacoalhar o corpinho todo? Quem dança ( e canta) seus males espanta.
Que admirável é ver a criança chegar na escola e sair correndo ao encontro dos amigos! Eles sabem que cultivar amigos faz muito bem para a alma.
Quando estão doentes não se entregam à doença, procuram sempre uma energia extra para brincar. Mente sã em corpo são.
Por fim, você já tentou rir junto com uma criança quando ela está gargalhando? A alegria de viver é contagiante, por isso procure ter essa alegria de viver diariamente ao ver como esses pequenos crescem com a essência da felicidade viva dentro dele. Como lição de casa: vamos ajudà-los a jamais perder essa pura essência de saber viver!
Felicidades e beijos, Adriana

*texto publicado no Blog Salto Alto e Mamadeiras